Exortação Apostólica Gaudete et Exsultate do Papa Francisco

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA
GAUDETE ET EXSULTATE
DO SANTO PADRE
FRANCISCO

SOBRE A CHAMADA À SANTIDADE
NO MUNDO ATUAL

1. «ALEGRAI-VOS E EXULTAI» (Mt 5, 12), diz Jesus a quantos são perseguidos ou humilhados por causa d’Ele. O Senhor pede tudo e, em troca, oferece a vida verdadeira, a felicidade para a qual fomos criados. Quer-nos santos e espera que não nos resignemos com uma vida medíocre, superficial e indecisa. Com efeito, a chamada à santidade está patente, de várias maneiras, desde as primeiras páginas da Bíblia; a Abraão, o Senhor propô-la nestes termos: «anda na minha presença e sê perfeito» (Gn 17, 1).

2. Não se deve esperar aqui um tratado sobre a santidade, com muitas definições e distinções que poderiam enriquecer este tema importante ou com análises que se poderiam fazer acerca dos meios de santificação. O meu objetivo é humilde: fazer ressoar mais uma vez a chamada à santidade, procurando encarná-la no contexto atual, com os seus riscos, desafios e oportunidades, porque o Senhor escolheu cada um de nós «para ser santo e irrepreensível na sua presença, no amor» (cf. Ef 1, 4).

Continue lendo “Exortação Apostólica Gaudete et Exsultate do Papa Francisco”

Vaticano irá apresentar carta apostólica

Papa Francisco Foto Vincenzo Pinto AFP.JPG
Foto: Vicenzo Pinto/AFP

Carta apostólica “Misericordia et Misera” será apresentada na segunda-feira em coletiva de imprensa

Na segunda-feira, 21, um dia depois do encerramento do Ano da Misericórdia, o Vaticano irá apresentar a Carta Apostólica “Misericordia et Misera”, do Papa Francisco, por ocasião do fim do Jubileu Extraordinário.

O documento será apresentado em coletiva de imprensa pelo presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, dom Rino Fisichella. Foi esse órgão vaticano que organizou as atividades do Ano Santo e Dom Rino acompanhou pessoalmente o Papa nos pequenos jubileus em Roma e também nas Sextas-Feiras da Misericórdia.

O Ano da Misericórdia teve início em 8 de outubro de 2015. A proposta do Santo Padre foi convidar os fiéis a fazer uma experiência com a misericórdia de Deus, além de estimular a misericórdia para com o próximo, através das obras de misericórdia.