Paróquia Santa Catarina conta com a doação de alimentos para atender famílias carentes

Novo levantamento, realizado no início de junho, mostrou aumento de 80 para mais de 130 núcleos familiares que recebem acompanhamento personalizado

A Paróquia Santa Catarina, de Caxias do Sul, que mantém desde 2005 o projeto Mutirão da Solidariedade, conta com doações de alimentos realizados pela comunidade, para o atendimento de mais de 130 famílias. Por meio dessa iniciativa, além da cesta básica, as pessoas são orientadas e encaminhadas ao mercado de trabalho, e podem participara de oficinas de artesanato.

De acordo com o último levantamento, realizado pela pastoral, no início de junho, houve aumento de mais de 50 núcleos familiares no segundo trimestre, em comparação com os primeiros três meses de 2019. No mês de março, a organização promoveu uma alteração no formato de entrega dos alimentos: todas as famílias serão visitadas mensalmente por meio de um acompanhamento personalizado.

Continue lendo “Paróquia Santa Catarina conta com a doação de alimentos para atender famílias carentes”

Anúncios

Domingo da Divina Misericórdia

18057074_1161956937247206_7886539996043982173_n.jpg

Neste domingo, 23 de abril, é celebrada a Divina Misericórdia. Esta festa litúrgica permite ao fiel alcançar a graça do perdão dos pecados.

“Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores (…). Derramo todo um mar de graças sobre as almas que se aproximam da fonte da Minha misericórdia. A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas. Nesse dia, estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças”, prometeu Jesus em suas aparições à Santa Faustina Kowalska.

“Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate”, assegurou-lhe o Senhor.

Continue lendo “Domingo da Divina Misericórdia”

A palavra-chave é ‘compaixão’

Fotolia_58208358_Subscription_XXL-1024x703.jpg

O dia 1º de dezembro de cada ano traz uma reflexão acerca de milhares de pessoas que perdem suas vidas a partir dos diversos efeitos causados pelo vírus HIV.  Hoje, é o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. O preconceito gerado em torno do tema faz com que tais pessoas não sejam assistidas pela sociedade em geral. São, muitas vezes, desprezadas, olhadas de canto, com certo murmúrio, que causa desconforto. “Os portadores do vírus são percebidos com preconceito pela sociedade no geral, pois quem é portador do vírus é visto como um desregrado sexualmente no seu comportamento, um ‘pervertido’”, aponta o padre Norberto Coltro, que atua como tesoureiro da Pastoral da Aids na diocese de Caxias do Sul.

Ainda segundo Norberto, ou padre Beto como é conhecido, os infectados estão em todas as idades, com maior número entre jovens, idosos e os mais pobres. De cada três pessoas contaminadas, duas são mulheres. A cada duas jovens de 13 a 16 anos infectadas, existe um menino portador. A contaminação se dá em 97% por relação sexual e uso de drogas.

Continue lendo “A palavra-chave é ‘compaixão’”

Festa de Santa Catarina movimentou comunidade

IMG_1009.JPG

Em três dias de comemoração, mais de duas mil pessoas participaram da 52ª edição da Festa em honra a Santa Catarina, no bairro caxiense de mesmo nome. Iniciada na sexta-feira 25, quando a Igreja celebrou a memória de Santa Catarina de Alexandria, a programação contou com missa presidida pelo Pe. Júlio Giordani, às 16h. No mesmo dia, às 20h, as lideranças das comunidades que compõe a Paróquia fizeram carreatas e trouxeram as imagens dos seus padroeiros ao Salão Paroquial Santa Catarina. Na ocasião, mais de 600 pessoas participaram da celebração, presidida pelo padre Elton Aristides.

Continue lendo “Festa de Santa Catarina movimentou comunidade”

Vaticano irá apresentar carta apostólica

Papa Francisco Foto Vincenzo Pinto AFP.JPG
Foto: Vicenzo Pinto/AFP

Carta apostólica “Misericordia et Misera” será apresentada na segunda-feira em coletiva de imprensa

Na segunda-feira, 21, um dia depois do encerramento do Ano da Misericórdia, o Vaticano irá apresentar a Carta Apostólica “Misericordia et Misera”, do Papa Francisco, por ocasião do fim do Jubileu Extraordinário.

O documento será apresentado em coletiva de imprensa pelo presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, dom Rino Fisichella. Foi esse órgão vaticano que organizou as atividades do Ano Santo e Dom Rino acompanhou pessoalmente o Papa nos pequenos jubileus em Roma e também nas Sextas-Feiras da Misericórdia.

O Ano da Misericórdia teve início em 8 de outubro de 2015. A proposta do Santo Padre foi convidar os fiéis a fazer uma experiência com a misericórdia de Deus, além de estimular a misericórdia para com o próximo, através das obras de misericórdia.