Um sentido da Semana Santa

Mais uma Semana Santa em nossas vidas, na vida da Igreja e na vida de toda a nossa sociedade. Por ser tempo de profunda espiritualidade somos convidados a deixar de lado atitudes que não condizem com a vivência e a celebração da Semana Santa.

Continue lendo “Um sentido da Semana Santa”

Anúncios

O cristão não pode ter medo do futuro

Por dom Alessandro Ruffinoni
Bispo diocesano de Caxias do Sul

Estimado povo de Deus da Diocese de Caxias do Sul: Como Pastor desta Diocese e preocupado com o bem da nossa gente e do nosso País permito-me de escrever algumas linhas de orientação para que todos sintam a sua responsabilidade, neste momento, para com a nossa Pátria.

Continue lendo “O cristão não pode ter medo do futuro”

Vale a Vida

Poema vocacional escrito pelo seminarista Renan Martini

Eis que surge um chamado
Esse por mim respondido
Permissividade indevida.
Daquele que muito é amado
E no coração é absolvido
E que vale a vida.

Todo o meu corpo estremece
Toda minha alma resplandece
Tocando meu coração.
O olhar Dele me cativou
E o chamado despertou
Eis que aparece a vocação.

Continue lendo “Vale a Vida”

A vocação é um chamado de Deus a serviço dos irmãos

Em 1994, quando ingressei pela primeira vez em um seminário, memorizei principalmente duas frases sobre vocação, uma delas, dá título a esse artigo, “A vocação é um chamado de Deus a serviço dos irmãos”. Essa frase vinha acompanhada de gestos para cada palavra, esses, já não os lembro, mas a frase ficou gravada em minha mente.

Passados 24 anos, parei para pensar, se em algum momento ela foi refletida, meditada ou teve seu significado aberto. Provavelmente sim, mas já não lembro o que fora dito naquela época. Por esse motivo reabrirei o seu significado a partir de agora. “A vocação é um chamado…” à vida, à santidade e é feito de forma particular, única e exclusiva. Da mesma forma, a resposta é particular, única e intransferível. Ocorre de diferentes formas e momentos.

Continue lendo “A vocação é um chamado de Deus a serviço dos irmãos”

Testemunho vocacional do padre Sebastião

IMG_3258.JPG

Sou Sebastião de Vargas Furtuna filho de João Pereira Furtuna e Maria Elidia Pereira de Vargas. Nasci em Vacaria em 29 de janeiro de 1962. Com a família, viemos para Caxias do Sul em 1981. Realizei vários trabalhos profissionais e também engajamento nos trabalhos pastorais da Igreja, catequese, grupo de jovens, liturgia e outros. Sempre com o desejo de servir a Deus e sua Igreja através da vocação sacerdotal.

Continue lendo “Testemunho vocacional do padre Sebastião”

Vocação à serviço dos irmãos

Vocação-um-desafio-de-amor.jpg

Não existe vocação cristã sem alegria e serviço com gratuidade. Todo cristão é vocacionado à doação de sua vida, dons e tempo em prol do bem e do amor ao próximo. Conforme dizia um grande e recente santo da Igreja, São João Bosco: “Deus nos colocou no mundo para os outros”, esta frase resume de forma bastante clara e objetiva a principal missão que temos no mundo, por meio de nossa vocação, seja ela qual for: servir a Deus nas outras pessoas.
De fato se aqui estamos não é simplesmente por nós mesmos ou para suprir apenas o nosso ego e nossas vontades, muitas vezes mesquinhas. Passamos pelo mundo com um propósito e só seremos verdadeiramente felizes se o cumprirmos. Fomos criados por Deus e para as coisas Dele, assim aprendemos por meio dos ensinamentos da Sagrada Escritura. Passamos pelo mundo, para sermos sinal e instrumento de salvação para as outras pessoas.

Continue lendo “Vocação à serviço dos irmãos”

A fé sem obras de nada vale

frio gaucho

Estamos vivenciando o inverno. Na região Sul a marca deste tempo são os dias gelados, principalmente no período da manhã com a geada. Quando o dia amanhece de tal forma, não podemos negar, fica um pouco mais difícil para levantar de nossa cama quente. O frio acaba fazendo com que nosso corpo queira continuar aquecido sob os cobertores. Assim que nos levantamos, logo tratamos de nos agasalhar bastante, para não apanharmos um resfriado e combatermos o frio, que não nos faz bem. Uma coisa quero refletir contigo neste mês. Nós ainda temos com o que nos aquecer quando faz frio, e aqueles que nada ou pouco têm?

Continue lendo “A fé sem obras de nada vale”