Igreja Santa Catarina completa 90 anos em 2020

Matéria foi publicada pela coluna Memória, do jornalista Rodrigo Lopes, no Jornal Pioneiro de 19 de agosto

Toda essa história teve início quando os primeiros imigrantes italianos decidiram homenagear Nossa Senhora das Dores como padroeira – um oratório foi construído próximo onde hoje situa-se a Casa de Pedra. Porém, com o surgimento dos moinhos que aproveitavam a água do Arroio Tega, as famílias optaram por reverenciar Santa Catarina de Alexandria, a padroeira dos estudantes e dos que trabalham com rodas e moinhos.

Em 1930

O novo templo começou a ser pensado em 1927. Graças ao envolvimento comunitário e às festas, as famílias foram aos poucos angariando fundos para a construção da igreja, inaugurada em 21 de julho de 1930. Mesmo assim, de 1939 a 1954, a comunidade não possuía autonomia – era atendida pelos freis capuchinhos. O decreto oficial de criação da paróquia, assinado pelo bispo Dom Benedito Zorzi, data de 25 de março de 1954. Foi quando assumiu também o primeiro pároco, padre Orestes Valetta.

Na imagens acima e abaixo, dois registros das festas que movimentavam o entorno da igreja – ainda de tijolos aparentes – , em meados dos anos 1930. À época, postes eram enfeitados com bandeirinhas, bandas de música típica no coreto animavam as tardes e piqueniques sob as árvores integravam as famílias – não só do bairro, mas de várias outras regiões da cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s