Semana de Oração pela Unidade Cristã é tempo de buscar a união dos que creem

De 02 a 09 de junho de 2019, cristãos e cristãs de todo o país se reúnem para celebrar o diálogo

Começou no domingo, 02 de junho, Solenidade da Ascensão do Senhor, a Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC). Até o dia 09 de junho, festa de Pentecostes, cristãs e cristãos de todo o Brasil se reúnem para celebrar o diálogo entre igrejas cristãs, a convivência pacífica e o respeito pela diversidade. O tema da SOUC este ano foi inspirado no livro de Deuteronômio: “Procurarás a justiça, nada além da justiça” (Dt 16.11-20).


“A Semana de Oração pela Unidade Cristã 2019 nos convida a celebrarmos a Justiça fundamentada na graça de Deus. Esta justiça nos desafia a olharmos para a complexidade dos problemas da humanidade, a revermos as relações de poder e a compreendermos que os interesses individuais ou de grupos econômicos não podem ser colocados acima dos seres humanos, da integridade da Criação e do bem-estar da humanidade”, diz um trecho da carta enviada pelas Igrejas-membro do CONIC.

Cartaz
O cartaz que ilustra a SOUC 2019 (vide abaixo) foi escolhido em um concurso organizado pelo CONIC-MG. A arte vencedora, intitulada “Jesus, o equilíbrio da Vida”, foi enviada pela artista Mariana da Silva Souza, 16 anos, moradora de Belo Horizonte (MG).

Introdução ao tema 
A Semana de Oração pela Unidade Cristã em 2019 foi preparada por cristãos da Indonésia. Com uma população de 265 milhões, 86% dos quais se identificam como muçulmanos, a Indonésia é bem conhecida como o país que tem a maior população muçulmana. No entanto, 10% dos indonésios são cristãos de tradições diversas. Tanto em termos de população como de grande extensão de terra, a Indonésia é a maior nação do sudeste da Ásia. Tem mais de 17.000 ilhas, 1.340 diferentes grupos étnicos e mais de 740 línguas locais, mas ainda assim está unida na sua pluralidade pela língua nacional Bahasa Indonésia.

A nação se baseia em cinco princípios chamados Pancasila, com o lema Bhineka Tunggal Ika (unidade na diversidade). No meio da diversidade de etnias, linguagem e religião, os indonésios têm vivido pelo princípio de gotong royong, que é viver em solidariedade e com colaboração. Isso significa ter partilha nos diversos campos da vida, no trabalho, nas tristezas e festividades, vendo todos os indonésios como irmãos e irmãs.

Essa sempre frágil harmonia é hoje ameaçada de novas maneiras. Muito do crescimento econômico que a Indonésia tem experimentado em décadas recentes tem sido construído com um sistema centrado na competição. Isso está em evidente contraste com a colaboração de gotong royong. A corrupção é experimentada de muitas maneiras. Ela infecta a política e os empreendimentos, frequentemente com consequências devastadoras para o ambiente. Em particular, a corrupção enfraquece a justiça e a implementação da lei.

Movidos por essas considerações, os cristãos da Indonésia sentiram que as palavras do Deuteronômio – “procurarás a justiça, nada além da justiça” (Dt 16, 18-20) – falavam fortemente sobre sua situação e suas necessidades. Antes do povo de Deus entrar na terra que Deus lhes tinha prometido, eles fizeram a renovação de seu compromisso com a Aliança que Deus estabelecera com eles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s