Meu testemunho do Congresso Missionário

Santas-Missões-Populares-reformulado.png

Dos dias 07 a 10 de setembro realizou-se no Colégio Damas em Recife o 4º Congresso Missionário Nacional. Presentes 750 participantes: leigos (as) sacerdotes, relgiosos(as) bispos. De nossa diocese eramos 6 pessoas. Dom Esmeraldo, presidente do congresso, nos falou da reforma que a Igreja tem a partir da missão. Com o objetivo de nos colocarmos em saída para um testemunho da alegria do Evangelho fazendo em nós um pouco do profetismo, da esperança e dificuldades e desafios dos que hoje mais sofrem com a pobreza.


Falou-nos também dos grandes mártires de nossos dias, sendo um dos grandes exemplos o bispo dom Helder Câmara. Ele vivia sempre voltado aos pobres no qual procurava ver Jesus, tinha por outro lado a perseguição dos adversários e muitas vezes até ameaçado de morte.

Assim como também outros padres, bispos religiosos, leigos missionários e profetas também são perseguidos. Dom Roque Paloski, falou-nos que “o sangue dos mártires é semente de novos cristãos”, e que não podemos desanimar na missão. O próprio Cristo Jesus dizia: “Eu sou a ressurreição e a vida”. (Mt 18,20).

Todos somos chamados a dar nosso testemunho, não individualmente, mas sempre em comunidade, pois “onde dois ou três estiverem reunidos eu estarei no meio deles.
Dizia ainda Dom Roque: “Somos verdadeiros hóspedes” devemos ser Igreja em saída.

Para concretizar este momento, participamos das Santas Missões Populares na comunidade Santa Marta, paróquia Nossa Senhora da Conceição, no baiaro Iputinga. Uma das maiores comunidades da região, muito carente, mas muito acolhedora. Foi uma vivencia maravilhosa, levamos o evangelho a muitas famílias e encontramos gente de muita fé e outras com muitas duvidas, mas todas sedentas em conhecer, ouvir e viver a palavra de Deus.

Ouvimos muitos relatos e testemunhos de varias lideranças. Algumas famílias estavam esperando por algo diferente e nós missionários levamos para dentro das humildes casas o evangelho de Jesus, por meio de uma Igreja em missão.

Fizemos um pouco do bom samaritano e procuramos desenvolver a missão do Bom Pastor. Foram momentos muito felizes e marcantes em nossa vida em nossa missão.
O papa Francisco afirma “todos devemos ir nas grandes periferias, sairmos de nos mesmos levarmos alegria para os corações, através da Palavra de Deus e do nosso testemunho”. Também afirma que não devemos deixar que roubem o nosso Evangelho, nossa alegria de viver.

76f258b4-e883-40ce-8c05-fbc68cba4989

 

 

 

Sara Todescatto Spadotto
Missionária Leiga da Paróquia Santa Catarina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s