Por que comungamos?

IMG_1697.JPGNo dia 15 deste mês, a Igreja comemora a Solenidade do Corpo de Cristo, em latim Corpus Christi. Podemos nos questionar: por que a Igreja celebra a Eucaristia? Vamos fazer uma breve reflexão sobre isto.

Essa celebração, do Corpo de Cristo, surge na Igreja por volta do século XIII e tem como intenção principal fazer com que os fiéis encontrem, neste dia, uma oportunidade especial de manifestar sua gratidão e louvor a grande misericórdia de Deus. No sacramento da Eucaristia, o próprio Senhor se faz presente como alimento e remédio de nossa alma. Não se trata de uma invenção da Igreja, como muitos pensam. Ela é dom gratuito de Deus para conosco, foi instituída pelo próprio Jesus Cristo em sua vida terrena. (cf: Lc. 22,14-20; 1Cor. 11, 23-26).

Acreditamos, portanto, que quando comungamos não estamos recebendo apenas um pedaço de pão, ou bebendo um pouco de vinho, mas sim, estamos comungando do próprio Corpo e Sangue de Jesus Cristo. Comungamos o Corpo de Deus que se tornou humano e que por nós se entregou, para que nos seja possível a oportunidade da vida plena neste mundo, da remissão dos nossos pecados, da ressurreição e da vida eterna.
Comungamos para fazer com que Deus habite plenamente dentro de nosso ser, por meio da Hóstia Consagrada. E isto não é mérito nosso, mas graça de Deus.

O Papa Francisco em alguns momentos falou a respeito da Celebração Eucarística e, em certa ocasião, disse: “Se não nos sentirmos necessitados da misericórdia de Deus, se não nos sentirmos pecadores, melhor seria não irmos à Missa! Nós vamos à Missa porque somos pecadores e queremos receber o perdão de Deus, participar na redenção de Jesus e no seu perdão. Temos que ir à Missa como pecadores, humildemente, e é o Senhor que nos reconcilia.”

Desejo caro(a) leitor(a), que nesta festa de Corpus Christi, possamos nós bem viver e contemplar este mistério tão grande de amor e misericórdia de Deus para conosco, que é a Eucaristia.
Paz e bem!

 

frei-cristian

 

Cristian Martins Almeida é frei noviço na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos (OFMCap.), membro da Província Sagrado Coração de Jesus do Rio Grande do Sul.

Natural de Caxias do Sul -RS,  Paróquia Santa Fé.

Atualmente vive a experiência do ano de noviciado no Convento São Boaventura, em Marau – RS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s